8 dicas para aumentar as vendas de sua loja de roupa

8 dicas para aumentar as vendas de sua loja de roupa

8 dicas para aumentar as vendas de sua loja de roupa

Toda e qualquer empresa precisa vender. No entanto, quando buscamos aumentar as vendas de uma loja de roupa, percebemos que nem sempre é algo tão fácil assim, ainda mais com a grande competitividade do mercado e um público cada vez mais exigente.

Mas nada é impossível no mundo dos negócios, ainda mais com o tanto de ferramentas de marketing disponíveis para as empresas nos dias de hoje.

Por esse motivo, se você quer dicas para aumentar as vendas de sua loja de roupas, não deixe de acompanhar o artigo de hoje. Continue a leitura!

1 – Defina seus objetivos com clareza

Antes de investir em qualquer tipo de estratégia, seja de marketing ou de vendas, é preciso iniciar um planejamento assertivo. Afinal de contas, a organização é a chave para o sucesso dos empreendimentos comerciais.

Sendo assim, o primeiro passo é definir com clareza quais são os seus objetivos, com base nas especificidades da sua loja.

Por exemplo, há empresas que são focadas no atendimento ao público em geral, oferecendo uma grande variedade de roupas. Já outras têm uma audiência específica, com um certo estilo e tendência.

Tudo isso já é definido no seu projeto de loja de roupa. Por esse motivo, é importante ter esse planejamento de negócios em mãos na hora de definir os objetivos que você deseja alcançar (aumento de vendas, ampliação da marca, etc.).

A partir do momento em que essa questão estiver clara e sólida para você, é muito mais fácil pensar em quais estratégias conseguem beneficiar o seu negócio.

A dica é tentar responder algumas perguntinhas básicas. São elas:

  • O que devo fazer?
  • Por que devo fazer?
  • Onde devo fazer?
  • Quando devo fazer?
  • Quem irá fazer?
  • Como será feito?
  • Quanto vai custar?

Isso te ajuda a ter uma visão mais clara dos seus objetivos e quais são as campanhas possíveis. Inclusive, é uma forma de direcionar os seus investimentos, de acordo com a realidade financeira da empresa.

2 – Identifique o seu público

Saber para quem você vende é um dos pontos mais importantes para aumentar as vendas. Hoje em dia, as pessoas não querem algo massivo, mas sim, produtos com os quais podem se conectar, seja por conta do estilo, do tipo de roupa, do preço, entre outros aspectos.

Por exemplo, se a sua loja é especializada em uniforme escolar para professor, verifique quem são os clientes que mais correspondem ao perfil ideal do seu público. Dessa forma, é possível criar esse vínculo com a audiência, o que ajuda a ampliar as vendas.

Uma dica é realizar uma pesquisa de mercado, identificando quais são as principais características do seu público. Levante alguns dados como:

  • Faixa etária;
  • Nível socioeconômico;
  • Escolaridade;
  • Localidade;
  • Estilos;
  • Hobbies;
  • Entre outros.

Importante ressaltar que quanto mais informações você tiver em mãos, melhor. Afinal de contas, é possível direcionar ainda mais suas estratégias e campanhas de marketing.

Baixe nosso material para te ajudar a definir seu cliente ideal.

3 – Posicione a sua marca no mercado

O posicionamento da marca conta muito nas vendas. Isso porque temos a tendência de comprar algo que conhecemos, além de ter uma imagem gravada em nossa memória, justamente por conta dessa posição.

Por exemplo, se eu te pedir para pensar em um refrigerante com rótulo vermelho, tenho certeza que a maioria logo associou a uma marca. A mesma coisa vale para a loja de roupas.

É preciso trabalhar esse posicionamento, para quando alguém citar uma bermuda tactel elastano, por exemplo, a sua marca seja lembrada logo de cara!

Muitas vezes, esse posicionamento é reflexo do que pensam os proprietários/idealizadores. Algumas marcas, por exemplo, são voltadas para a conscientização ambiental, outras para a diversidade, enquanto outras têm um ar mais tradicional.

Por esse motivo, é importante conhecer a fundo quais os valores da sua loja de roupas, para trabalhar um posicionamento forte, contínuo e que corresponda ao perfil do público.

4 – Invista em uma boa decoração

Pode parecer bobagem, mas a decoração da loja de roupas faz toda a diferença para o cliente e pode ser a chave para atrair novos consumidores e ampliar as vendas.

Pense só: você está procurando um kimono karatê infantil e se depara com duas lojas. Na primeira, há manequins com vários modelos de roupas, tudo organizado e muito bonito; a segunda tem poucas peças em exposição. Qual você vai preferir?

É bem provável que você tenha respondido a primeira. É justamente essa lógica que devemos levar em consideração na hora de montar a nossa vitrine.

A decoração faz parte da “cara” da nossa loja, por isso, ela precisa ser cativante, atrativa e chamar a atenção do público.

Na hora de decorar, também é importante conhecer os seus clientes. Por exemplo, se a sua loja tem uma audiência mais jovem, é interessante investir em elementos mais ousados.

Outra dica é ter atenção às datas comemorativas. No dia dos namorados, vale a pena enfeitar a loja com corações. Aliás, muitas lojas fazem promoções nas datas festivas e pode ser viável enviar convites personalizados temáticos aos seus clientes.

5 – Tenha qualidade no atendimento

O atendimento é um dos fatores que mais influencia na decisão de compra dos clientes. As pessoas querem ser bem recepcionadas e, ao mesmo tempo, contar com vendedores que não sejam invasivos, persistentes e grosseiros.

Muitas vezes, você pode estar perdendo vendas por conta dos seus atendentes. Então, fique de olho na qualidade do atendimento.

Uma dica é fazer treinamentos periódicos com todos os colaboradores da loja, em especial com quem lida diretamente com o público.

Assim, por meio de palestras, dinâmicas e atividades, os seus vendedores vão saber como recepcionar bem o público e, dessa forma, contribuir com as vendas.

Vale até mesmo propor simulações de algumas situações, como esquecer de retirar o adesivo lacre de segurança da peça de roupa e como oferecer uma solução ao cliente.

Nós temos alguns treinamento que já ajudaram diversas empresas, confira clicando no banner abaixo:

6 – Ofereça mimos aos seus clientes

Todo e qualquer cliente adora um brinde. Afinal de contas, quem não gosta de receber algo de graça, mesmo que seja apenas um artigo simples, como um cartão personalizado.

Por esse motivo, oferecer mimos aos seus consumidores é uma forma de agradá-los e mostrar que eles são valiosos para a sua loja. Como consequência, além de deixar o público mais feliz, você constrói uma relação de confiança com os clientes.

Como dissemos, não precisa ser algo muito elaborado. Você pode deixar os presentinhos mais legais para as datas comemorativas, como entregar uma lembrancinha com chocolate na páscoa.

7 – Ouça o que os clientes têm a dizer

Um dos maiores erros das empresas é não ouvir o que os clientes têm a dizer.

Levar em consideração a experiência do seu consumidor é uma maneira de aprimorar o atendimento, as estratégias de marketing e vendas, bem como outros aspectos relacionados à sua loja, que muitas vezes passam despercebidos.

Aqui, é importante praticar a empatia. Coloque-se no lugar do cliente e veja como você se sentiria nessa situação e qual é a possível solução.

Além disso, caso a sua loja tenha cometido algum excesso, ou o cliente tenha reclamado de algo, o ideal é sempre ser cortês e educado, pois é a melhor maneira de resolver conflitos, sem prejudicar a imagem da sua empresa.

Vale dizer que você não precisa ouvir só as reclamações – os elogios também são importantes porque eles mostram o que está dando certo.

8 – Fique de olho na concorrência

Outra dica é ficar de olho na concorrência. Você pode ter em mãos um catálogo de empresas para verificar o que os negócios do mesmo segmento estão fazendo e, com isso, ter insights interessantes para promoções, propagandas e produtos.

Calma, você não precisa ser o rei ou rainha da espionagem para copiar tudo o que seus concorrentes fazem. Isso nem é recomendado!

Mas ao observar com atenção o mercado, dá para perceber quais são as estratégias mais eficientes para a área de vendas e, com isso, investir nas melhores campanhas.

Conclusão

Vender não é nada fácil. Quando se trata de lojas de roupas é ainda mais difícil, pois é preciso considerar que as peças devem representar um estilo e gerar uma identificação com os clientes.

Até porque, temos a tendência de usar roupas que gostamos, que são capazes de traduzir a nossa personalidade. Tudo isso deve ser levado em conta para as empresas que querem aumentar as vendas.

O artigo de hoje buscou trazer algumas dicas que podem te ajudar nessa empreitada. Desse modo, fica mais fácil investir em estratégias direcionadas, que realmente podem contribuir para o crescimento da sua loja.

Temos certeza que logo você vai alcançar muito sucesso!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.