Dica de Segurança para as lojas em Home Office

Dica de Segurança para as lojas em Home Office

Dica de Segurança para as lojas em Home Office

Muito empresas precisaram reinventar vários aspectos do negócio após a pandemia do Coronavírus mudar o hábito de consumo e produção. Com vários funcionários e patrões trabalhando a partir de casa, a segurança digital precisa ser reforçada por causa da vulnerabilidade da rede doméstica e/ou pública.

O maior risco de segurança é ter algum arquivo ,ou informação confidencial da empresa, furtado por um hacker, e numa rede Wi-Fi pública ou caseira o tráfego de dados não é tão criptografado como numa rede privada de uma empresa. O que faz com que seja necessário a todos os funcionários e gerência terem um aplicativo VPN para windows PC ou Mac.

1. Rede Privada Virtual (VPN)

Provavelmente o local aonde você costumava trabalhar antes da pandemia tem uma rede privada virtual (VPN) para garantir a segurança, em tempo real, de todos os seus dados e da empresa.

As lojas em Home Office têm o dever de oferecer um aplicativo vpn para seus funcionários; de modo a garantir a segurança digital empresarial.

2. Não cair nos golpes de phishing

Nas últimas semanas, houve um aumento nos golpes de phishing. Os hackers estão aproveitando a pandemia de coronavírus para enviar e-mails que induzem os usuários a clicar em links maliciosos, baixar arquivos infectados por malware ou revelar dados pessoais importantes aos invasores.

Alguns desses golpes de phishing têm como alvo pessoas que trabalham ou estudam em casa. Os remetentes geralmente representam o pessoal do trabalho oferecendo atualizações sobre fechamentos ou a equipe de TI acompanhando questões técnicas. Eles podem solicitar que você instale um aplicativo no seu computador ou forneça credenciais da sua conta para executar algum procedimento técnico.

Seja extremamente cauteloso ao verificar seu e-mail comercial. Se uma mensagem contiver uma frase de chamariz, use outro meio para verificar a reivindicação – o telefone ou um endereço de email alternativo. Você também pode entrar em contato com colegas e verificar se eles receberam e-mails semelhantes ou entrar em contato diretamente com o departamento de TI da sua empresa e perguntar se eles enviaram esse e-mail.

Passe o mouse sobre os links e verifique o endereço de destino. Se você não tiver 100% de certeza do endereço para o qual eles apontam, não clique neles.

Nas últimas semanas, também houve um aumento no malware direcionado a trabalhadores remotos. A maioria deles possui componentes de keylogger: software que registra secretamente pressionamentos de teclas e os envia para os servidores de controle dos hackers. Os invasores pesquisam esses dados para encontrar combinações de nome de usuário e senha. O malware geralmente é entregue como parte de uma campanha de phishing ou através de aplicativos que parecem legítimos.

3. Aumente a segurança de suas contas

A coisa mais valiosa que os hackers buscarão são suas contas comerciais e financeiras. Assumir o controle dessas contas permite que eles roubem os dados da empresa, desviem dinheiro da sua conta bancária ou usem sua conta para se passar por você e organizar ataques contra colegas de trabalho.

Para evitar que isso aconteça, primeiro verifique se você está usando senhas fortes. Mais importante, certifique-se de habilitar a autenticação de dois fatores (2FA), um recurso que a maioria dos serviços online possui. Ele exige que os usuários forneçam um token extra (digamos, uma senha descartável, chave física ou impressão digital) ao efetuar login.

O 2FA pode ser um pouco irritante, mas lhe protege no caso de você ser vítima de um golpe de phishing e, por engano, fornecer suas credenciais de login à pessoa errada ou se instalar acidentalmente um programa infectado por malware no seu computador. Mesmo que os hackers roubem sua senha, eles não poderão invadir sua conta comercial.

4. Isole o trabalho da sua vida pessoal

Assim como o isolamento no mundo físico está ajudando a impedir a propagação do coronavírus, uma prática semelhante pode minimizar os riscos de segurança no seu ambiente de trabalho remoto. Um espaço de escritório dedicado e um número de telefone para o trabalho podem evitar contratempos.

Se você tiver mais de um laptop ou estação de trabalho, dedique um deles ao trabalho. Não o use para comunicações pessoais e navegação na web. Se você não possui um dispositivo extra, verifique se sua empresa pode fornecer um ou fornecer desktops virtuais para fazer login para trabalhar. Isso garante que as infecções em potencial não se espalhem da sua vida pessoal para a sua vida profissional ou vice-versa.

5. Mantenha um gestão ativa

Todo mundo em casa fica muito mais difícil acompanhar o trabalho dos colaboradores, mas se bem feito e com funcionários que entendem da importância de fazer um trabalho efetivo em casa tudo ficará mais fácil e mais produtivo.

Conheça nosso treinamento de gestão de lojas e se prepare para organizar processos que darão muito mais lucro pra sua empresa!