PDV para Loja, do que preciso?

PDV para Loja, do que preciso?

O que é um PDV?

Antes de mais nada precisamos relembrar o conceito de PDV. O PDV é a abreviação de Ponto De Venda, o próprio nome se define, Ponto = local, que pode ser loja, estande, ou qualquer local que exponha produtos e Venda. Venda = ato de registrar e receber o pagamento por um produto ou serviço. Nesse artigo iremos tratar sobre a parte do registro dessa venda onde inclui o software responsável pelo registro e controle desse PDV e esse software é denominado software PDV que além de comercializar os produtos realiza os registros em conformidade com a legislação e que nesse artigo iremos chamar apenas de PDV.

Para ver mais sobre o conceito de PDV, sugiro acessar esse artigo do site falandodevarejo.com e ver mais conceitos sobre o termo.

 

Software PDV e Retaguarda qual a diferença?

O PDV é separado do retaguarda (responsável pelo estoque e pela parte gerencial) pois o PDV pode ser instalado no computador e a maior parte de suas operações podem ser efetuadas mesmo se não houver conexão com a Internet. Entretanto, a conexão com a Internet é necessária para a transmissão posterior das vendas e demais operações.

Desta forma, o PDV será responsável pelas seguintes operações:

  • Emissão de vendas e de documentos fiscais (NFCe, Nfe ou cupom fiscal)
  • Recebimentos em diferentes formas de pagamento.
  • Controle de caixa
  • Cadastros e consultas de clientes e produtos.
  • Contagem de estoque.
  • Impressão de cupons de venda.
  • Visualização das vendas realizadas.
  • Consignações.
  • Realização de pré vendas.
  • Etc..

A impressão de cupom fiscal pela impressora fiscal(ECF) já não será permitida por alguns setores, veja mais nesse artigo.

 

Qualidades de um bom software PDV

O PDV é responsável por registrar todas as operações do seu ponto de venda e gera dados para posterior analise da gerência, por isso é de suma importância que se possua as seguintes características:

 

  • Agilidade nas vendas;
    Qual cliente gosta de esperar? Se por ventura achar um, mal não vai fazer se sua comprar for concluída com rapidez, mas para você vendedor, quanto antes terminar outra venda poderá realizar!

 

  • Possibilidade de funcionamento offline;
    Por mais que tenha melhorado a qualidade da Internet nos últimos anos, imprevistos acontecem e ficar sem vender por não possuir conexão é problema que você não terá se seu software PDV tiver possibilidade de funcionar offline;

 

  • Fácil implantação;
    Abriu um novo ponto de venda? Tenha um software que não impossibilite que você abra novos locais para vender seus produtos ou serviços.

 

  • Facilidade de uso;
    A rotatividade de mão de obra para operar o caixa é alto em muitos empresas, mais ainda para vendedoras, um PDV fácil de usar irá ajudar a ter menos problemas quando um novo funcionário ingressar na empresa.

 

  • Possibilidade de uso sem o mouse;
    Para locais que possuem pouco espaço a obrigatoriedade de usar o mouse para realizar algumas operações acaba se tornando um problema invés de uma solução, por isso escolha um software PDV que possibilite realizar todas as operações sem usar o mouse;

 

Leitor de código de barras

O código de barras, também conhecido com scanner, é essencial em um PDV, pois o mesmo garante que produtos não serão digitados errados, evita o processo da digitação e consequentemente agiliza o processo da venda.

leitor de código de barras

Leitor de código de barras – imagem ilustrativa

Integração com os outros setores

A função principal de um PDV é vender, então busque softwares que permita que outros setores da empresa cuidem de operações que não esteja diretamente ligada com a venda de produtos como, entrada de notas fiscais, geração de Sintegra e outras obrigações fiscais, cadastros de produtos e etc.

No exemplo abaixo mostra um funcionamento de uma fabrica com 3 lojas:

Esquema_de_comunicacao_lojas

Esquema de comunicação de lojas com a fábrica

 

Investimentos no PDV (Ponto de venda)

É extremamente importante realizar os investimentos corretamente, como um bom software, treinamento dos funcionários responsáveis pelo setor e uma equipe de suporte para auxiliar em processo e treinamento da equipe de vendas.

Os equipamentos de um PDV é muito importante, pois eles podem garantir agilidade, disponibilidade e facilidades de uso pelos operadores, veja alguns equipamentos:

 

  •  Leitor de código de barras

Agiliza o registro de produtos e garante a segurança de não haver falha na digitação do produto.

 

  • Computador

É essencial analisar o espaço existente para escolher o melhor computador, existem computadores all-in-one(tudo em um) que integram monitos, cpu e alguns até teclado, tem os computadores chamados thin-client(são pequenos cpu’s) e tem os computadores desktop tradicionais que geralmente são mais baratos com melhor desempenho.

Computador all-in-one

Exemplo de computador all-in-one. Imagem ilustrativa.

  • No-break

Esse equipamento talvez seja o menos usados nos PDVs devido ter um custo alto comparado aos outros equipamentos, mas ele irá garantir que no momento que houver queda de energia seu computador não desligue bruscamente e te dará oportunidade de finalizar a venda que está fazendo ou até mesmo continuar trabalhando enquanto está sem energia, tudo dependerá do No-break adquirido.

 

  • Gaveta

A gaveta para armazenamento do dinheiro pode ser ligado ao computador e acionada de acordo com operações do caixa no software do PDV, garantindo sua abertura apenas no ato do pagamento.

 

  • Impressora

Com a desobrigação do uso da impressora fiscal para muitos setores a impressora usado passou a ser a chamada impressora não-fiscal, que normalmente é utilizado impressoras  térmica e pequenas semelhantes a impressora fiscal, mas impressoras jato de tinta e qualquer outra pode ser usada.

 

  • A não necessidade de Impressora

Se o ponto de venda somente realiza vendas e no formato NFCe, pode-se optar por não possuir impressora e enviar os cupons para o e-mail do cliente, recomendamos analisar junto a contabilidade para saber se é uma opção viável, pois de região para região pode haver entendimentos diferentes.

 

Conclusão

Sempre procure os melhores equipamentos para que você possa conseguir o melhor resultado do seu software de PDV e de retaguarda. O investimento será recuperado por meio da eficiência e será reconhecida no aumento das vendas.

Lembre-se sempre que as vendas é onde tudo começa e não adianta nada comprar ou produzir produtos baratos e bons se não sua loja não consegue vender. Busque essas qualidades no seu PDV e venda mais!

 

 

Manual de rotinas financeiras

Posts Relacionados

Formado pela Pitágoras Linhares em Bacharel de Sistemas de Informação, MBA em Gestão de Projetos, Empreteco, diretor da regional norte da SINDINFO, Proprietário da INNET Soluções, Professor universitário e desenvolvedor de softwares Windows, mobile e web. Mais de 16 anos de experiência ajudando empresas a melhorarem seus processos.

Sem cometários

Poste um comentário

Comentário
Nome
Email
Website