Por que muitos lojistas não usam o Whatsapp para vender

Por que muitos lojistas não usam o Whatsapp para vender

Por que muitos lojistas não usam o Whatsapp para vender

O WhatsApp atingiu no último ano a marca de 1,5 bilhão de usuários ativos mensais. A informação foi divulgada pelo CEO do Facebook e atual detentor dos direitos do aplicativo, Mark Zuckerberg. E isto não é tudo: diariamente mais de 60 bilhões de mensagens são trocadas através do mensageiro. Com uma audiência tão vasta, por que muitos não usam o WhatsApp para vender mais?

Afinal, entre 60% e 70% da população brasileira possui este aplicativo instalado em seus telefones celulares. Os números significam mais de 120 milhões de brasileiros disponíveis para contato por meio da ferramenta. Fica evidente, assim, que o potencial da aplicação nas vendas é considerável. Mesmo assim, encontramos resistência à adoção do aplicativo no mercado. As razões você confere a seguir.

Porque muitos lojistas não usam o WhatsApp para vender: subestimam uma ferramenta valiosa

É inegável a popularidade deste aplicativo de mensagens entre a população. No entanto, este fator pode ser inibidor para muitas empresas. Justamente pela impressão que têm do app acreditam que a sua utilização não condiz com uma imagem profissional. Especialmente por se tratar de um aplicativo onde as relações se dão de forma acentuadamente informal.

Acontece que esta é uma visão bastante limitada da ferramenta. A postura adotada na comunicação depende da própria empresa, e não do meio no qual ela ocorre. Isto pode ser feito profissionalmente e aproveitando o fato de que o relacionamento com o cliente é mais próximo e frequente. O recurso serve até mesmo para algumas reuniões, evitando situações presenciais que não seriam tão vantajosas para as partes.

Confundem o uso da ferramenta com Spam

Como é de praxe na maioria das estratégias digitais, ao adotar o WhatsApp para vender é necessário tomar alguns cuidados. A frequência no envio de mensagens, por exemplo, não pode ser exagerada ou acabará se caracterizando como SPAM. O problema é que muitos gestores ainda veem o aplicativo como sinônimo desta prática de envios não solicitados.

Mais uma vez depende da própria organização o controle daquilo que será enviado. Lembrando que segmento e público determinam o intervalo mais adequado. Na moda, onde as novidades podem ser regulares, se justificam mensagens diárias em certos períodos. O mais ideal, contudo, é enviar informes semanais para não soar muito invasivo.

Desconhecem o WhatsApp Business

Este é outro detalhe que responde à pergunta de por que muitos não usam o WhatsApp para vender. As organizações acabam negligenciando o aplicativo porque na versão comum faltam recursos voltados para as necessidades empresariais. Acontece que a versão business do aplicativo supera as limitações do app básico.

Com o WhatsApp Business é possível enviar respostas automatizadas e mensurar com precisão o alcance das suas mensagens. Além disto a ferramenta disponibiliza a função de etiquetas aplicáveis ao público de vendas. Deste modo as informações sobre os status dos clientes podem ser categorizadas de forma a orientar ações de marketing.

Descubra em nosso blog como vender mais utilizando WhatsApp

Neste artigo conferimos por que muitos não usam o WhatsApp para vender e demos uma prévia dos benefícios da ferramenta. Você quer agarrar a oportunidade de usar o aplicativo a favor da sua empresa, mas não sabe como trabalhar com ele? Então aproveite para conferir nosso artigo sobre como vender mais usando WhatsApp.